24 junho 2015

Conhecendo a Bio Brazil Fair - feira de produtos orgânicos e agroecologia

Há uns dias atrás, fui conhecer esse grande evento que reuniu diversos produtores voltados para o mercado orgânico e também não orgânico, mas voltado para alimentação saudável.

Minha surpresa ao chegar lá foi o quantidade de produtos disponíveis no mercado, mas não tão conhecidos por uma grande parte da população, mesmo aquela que busca esse tipo de alimentação.

Acho importante diferenciar e deixar bem claro, nem todo produto considerado saudável, é orgânico, e nem todo produto que estava lá presente, pode ser consumido sem critério. É fundamental ler o rótulo!

Por que digo isso?

Por exemplo, experimentei uma granola salgada. Era bem saborosa, a ideia é legal, mas ao ler o rótulo, fiquei assustada com a quantidade de sódio. Questionei se a soja presente era transgênica e não sabiam informar. Portanto, não acredite em tudo que dizem ser saudável.

Percebi que muitas pessoas lá presentes estavam "enlouquecidas" com tantas novidades. Fazendo filas para degustações e comprando bastante (e nem todos os preços faziam jus a isso). Vi gente em fila para um saquinho de pipoca só porque era feito com óleo de coco, menos ne?!

Conhecia grande parte dos produtos orgânicos que estavam presentes e fiquei muito feliz em confirmar que existe derivado de milho orgânico e não transgênico, o único problema é encontrá-lo. O próprio fabricante recomendou que entrasse em contato com o sac deles para informarem onde poderia encontrar perto de casa ou encomendar. E olha que é uma marca bem presente nos supermercados, mas mesmo assim, você encontra tudo deles, menos farinha de milho, fubá e similares.

Na parte dos não orgânicos, fiquei espantada com a quantidade de suplementos alimentares. OK, há diversas linhas de médicos e nutricionistas que defendem a suplementação e não cabe a mim questionar, principalmente por não ter nenhuma das duas formações. Mas mesmo assim, acho bastante preocupante o fascínio que esses suplementos geram em diversas pessoas.

Uma boa parte consome por conta própria, por indicação de um amigo, sem qualquer recomendação de um nutricionista ou médico. E toda cautela é muito bem vinda. Outro dia comentei isso, vejo uma quantidade assustadora de receitas de comidas no instagram incluindo whey protein como se todo mundo pudesse consumir.

Antes de suplementar, a orientação nutricional é fundamental e sem sombra de dúvida, um alimento vivo pode gerar resultados ainda melhores quando devidamente balanceado de acordo com suas necessidades. Não utilize suplementos sem antes consultar um profissional capacitado.

Curioso e meio sem sentido, foi ver carrocinha vendendo sorvetes não tão saudáveis. Não condizia muito com o evento...









No geral, o evento em si foi muito bom, fiquei muito satisfeita ao ver a quantidade de pessoas interessadas em uma alimentação saudável.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por entrar em contato